4 de jul de 2011

EXCLUSIVO: Paulo Britto renuncia a prefeitura de Propriá

O prefeito reuniu todo seu staff e anunciou que passará o cargo ao vice-prefeito José Américo em 1º de agosto de 2011
Texto e foto: Claudomir Tavares

Paulo Britto renuncia a prefeitura de Propriá

O prefeito Paulo Britto (PT) anunciou agora a pouco que renunciará a prefeitura de Propriá, distante 98 km da capital, Aracaju, em 1º de agosto e passará o comando do município ao vice-prefeito José Américo (PSC). O anúncio foi dado em meio a reunião de todo o seu staff e pegou a todos de surpresa, pois os que acreditavam em uma possibilidade de renúncia imaginariam que ele o faria em 1º de dezembro de 2011.

Paulo justificou esta decisão para desfazer em definitivo todos os boatos que colocavam em dúvida seu apoio a candidatura de Américo a prefeitura de Propriá em 2012. Ademais, com esta atitude ele põe fim a algumas atitudes de secretários que vinham trabalhando nos bastidores para que o candidato não fosse Américo e estas articulações não tinham a simpatia do prefeito que sempre jogou as claras, de forma limpa.

Pelo que deixou claro o prefeito na reunião, todos os secretários e cargos comissionados nomeados em seu mandato serão exonerados ainda em julho, cabendo ao novo prefeito total liberdade para proceder novas nomeações, manter aquelas que julgar necessárias e descarta aquelas que possam atrapalhar seus planos administrativos e políticos. O atual prefeito deverá integra o secretariado de Américo, como titular da pasta de Planejamento para com sua experiência e prestígio de ex-prefeito e articulado com parlamentares, o governo do estado e seu partido, elaborar os instrumentais que possam carrear recursos para o município de Propriá.

Através de carta, Paulo Britto irá comunicar os motivos ao governador Marcelo Déda, ao deputado Rogério Carvalho, aos presidentes municipal e estadual do PT, já o fazendo a sua consciência.

Com este gesto, o prefeito Paulo Britto mostra total desprendimento, desapego a cargos públicos, homem cumpridor dos compromissos assumidos e uma figura humana que surpreende pelas qualidades diante de um universo carente de pessoas com a sua índole. Propriá perde de suas funções públicas um homem zeloso, ético, mas reserva para o futuro um parlamentar (estadual ou federal) que devolverá o nome da cidade ao cenário estadual, aliás, como fazem outros Brittos, a exemplo de Carlos e Cézar Britto, respectivamente ministro do Supremo Tribunal Federal e conselheiro nacional da OAB (ex-presidente da ordem).

Comente esta matéria | Clique aqui...

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS