19 de mar de 2011

Amorim fará palestra sobre “Ditadura Militar”

Historiador de Propriá reapresentará monografia de conclusão do curso de História para estudantes do Colégio Estadual “Joana de Freitas Barbosa”
O dia 31 de março marca os 47 anos do Golpe Militar no Brasil, página de triste memória que, pelos danos irreparáveis provocados a democracia, as liberdades individuais e coletivas, deve ser lembrada para que nunca mais se repita. Partindo deste princípio, o Colégio Estadual “Joana de Freitas Barbosa”, da idade de Propriá estará promovendo dentro das ações pedagógicas das disciplinas História e Cultura Sergipana uma palestra com o professor e historiador José Alberto Amorim, cujo tema será “A Ditadura Milita no Brasil e seus reflexos na sociedade propriaense”.
O Ciclo de Palestras acontecerá em quatro momentos, dentro de um cronograma estabelecido pelo professor Claudomir Tavares da Silva em comunhão com Amorim, que ministra estas disciplinas em turmas do 3º Seriado e Pé-Universitário que também funciona na instituição. A proposta foi combinada na tarde de ontem, 17 e comunicada imediatamente ao coordenador pedagógico e historiador José Jussiêr Ferreira.
A primeira palestra será feita na tarde de quinta-feira, 24, no horário da tarde, a partir das 14h40 (3º Seriados B e C), enquanto a segunda na noite desta data, a partir das 20h15 (3º seriados D, E e F). Em outro momento ela acontece na sexta-feira, 25, a partir das 09h00 (3º Seriado A). De acordo com Claudomir Tavares a palestra será estendida para alunos do Pré-Universitário, na noite de março, quando encerra-se o Ciclo de Palestras sobre “A Ditadura Militar no Brasil e seus reflexos na sociedade propriaense”.
Inventário Cultural – Em 2004 o Colégio Estadual Joana de Freitas Barbosa promoveu, através das disciplinas Sociedade & Cultura (8ª Séries) e Cultura Sergipana (3º Seriado) o Projeto Pedagógico “Inventário Cultural de Propriá: Re-Conhecendo a nossa Memória e História” tinha como objetivo “Promover um levantamento dos aspectos históricos, políticos, culturais e sociais da cidade de Propriá, a partir de um estudo inicial sobre fontes primárias e secundárias” e constituía-se em parte integrante do Programa de Educação Patrimonial que a escola começava a formatar e que ganhou dimensões a partir de 2005.
Iniciação Científica – Para este ano está previsto a realização do Seminário de Iniciação Científica que terá como público alvo os estudantes dos 3º Seriados e apresentações de trabalhos de conclusões de cursos de graduação e pós-graduação por estudantes das instituições de ensino superior sediadas nesta cidade. O evento de iniciação científica nesta primeira fase terá um cunho de “fora para dentro e a partir daí incentivar, estimular os estudantes da escola a elaborar seus próprios trabalhos”, informou Claudomir.
Excursão a Xingó – Ainda em 2010 os estudantes destas turmas embarcarão em uma viagem fantástica em busca da pré-história sergipana. “É o projeto Xingó, que consiste em excursão pedagógica de estudo dos elementos culturais e científicos daquela região incrustada entre os estados de Sergipe, Alagoas, Bahia e Pernambuco”, acrescenta.
Educação em Propriá – Já os estudantes do Curso Normal, na disciplina História da Educação terão o desafio de fazer um levantamento histórico das principais de ensino de Propriá, como componente curricular da quarta unidade didática. “O resultado do levantamento será apresentado em Seminário de Enceramento do Curso em novembro de 2011”, conclui Claudomir.
Fonte: TRIBUNA DA PRAIA.net

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS