26 de abr de 2010

Claudomir Tavares é Cidadão Propriaense

Concessão de Título foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores

Através de propositura do vereador José Aelson Santos, do PDT, a Câmara Municipal de Propriá aprovou por unanimidade em segunda votação na Sessão Ordinária da última terça-feira, 20/04, Projeto que concede Título de Cidadania Honorária Propriaense ao professor Claudomir Tavares da Silva. A primeira votação aconteceu na Sessão Plenária da quinta-feira, 15/04, da semana anterior, também por unanimidade.

Contribuiu para motivar a apresentação tanto a atuação profissional do professor Claudomir Tavares em suas aulas ministradas no Ensino Médio do Colégio Estadual Joana de Freitas Barbosa – Polivalente, a maior e mais representativa do Baixo São Francisco, onde atua desde 2002 quanto sua condição de diretor da Tribuna da Praia, que desde 24 de abril de 2004 possui um Portal na Internet, hoje o mais acessado no interior de Sergipe.

Natural do povoado Canal de São Sebastião, no município de Barra dos Coqueiros, Claudomir viveu ali até 1980, quando com 12 anos mudou-se com sua família para a cidade de Pirambu, onde reside até hoje, dividindo com Propriá esta condição – Já residiu no povoado Flecheiras/Santo Amaro das Brotas (1980), Aracaju (1989/92) e Japaratuba (2000/2001). Graduado em História, com Pós-Graduação em Recursos Hídricos, ambos pela Universidade Federal de Sergipe, atua nas áreas culturais, ambientais e políticas. É casado com a professora propriaense Izabel Tomaz de Aquino e pai de João Victor de Aquino Tavares, de 2 anos.

Como professor da rede estadual, Claudomir Tavares representou o Polivalente (antigo PREMEM) no II Colóquio Internacional: Políticas e Práticas Curriculares e no I Encontro Nacional de Educação Patrimonial. Ali, desenvolve uma intensa atividade de Educação Patrimonial que ultrapassa os limites da escola. Os laços que une o professor a escola é tamanho que se afastou da instituição em 2007, não resistiu e retornou no início de 2009, para segundo ele “dar sequência a uma ação pedagógica que não poderia encerrar-se com sua saída”, conta ele.

Diretor e fundador da ‘Tribuna da Praia’ em 23/08/1983, em 2002, antes de chegar a Propriá, fundou o ‘Jornal Opara’, transformado em 2003 na Folha Regional, passada para a responsabilidade do comunicólogo Renner Alves. “Não dava para conciliar a edição de dois veículos de comunicação, assim passamos o Opara adiante”, justifica. Assim, instalou no dia 27 de janeiro de 2003, durante a Festa do Bom Jesus dos Navegantes, a Sucursal Baixo São Francisco SE/AL da Tribuna da Praia em Propriá.

Este laço ampliava-se com o lançamento de um portal na internet. Atualmente a freqüência diária de acessos da Tribuna da Praia é de 3927, cuja média diária de acessos em Propriá oscila entre 400 a 700, algo além das nossas expectativas. A presença da Tribuna da Praia e de seu dirigente se confunde e “estes, acredito, foram condicionantes que levaram os vereadores a aprovarem a propositura do presidente José Aelson, o que mais que um orgulho pessoal, só multiplicam nossas responsabilidades com esta cidade que escolhi para casar, ter filhos e dar o melhor de mim, tanto no campo pessoal, como profissional”, descreve com emoção Claudomir.

No dia em que este portal comemora seus seis anos de ininterrupta atividade jornalística, a nossa homenagem dá-se em forma de agradecimento ao vereador José Aelson dos Santos e aos demais vereadores pela aprovação do Título de Cidadania Honorária de Propriá: Genival Moreira, João Fernandes de Britto, José Marcos de Oliveira Silva, Joseane Alves da Silva, Jurandy de Figueiredo Sandes, Maria Lúcia Mendes da Silva, Paulo Fernando Celestino Campos e Rozélia Maria Bento Fraga, ao tempo em que colocamos este portal a disposição dos senhores para divulgação das suas respectivas ações parlamentares, como temo feito dentro das nossas possibilidades.

:: | Sigam-nos no Twitter | https://twitter.com/claudomir43

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS