24 de nov de 2009

Carta Aberta dos Servidores da Saúde a População de Pirambu

O Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (SINTASA) vem a público esclarecer os motivos da greve dos servidores da saúde do município de Pirambu, que envolvem os Salva-Vidas, Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias, entre outros, que deu início no último dia 18 de novembro, por tempo indeterminado.

O Sintasa tentou incansavelmente discutir as reivindicações com o prefeito deste município desde o fim do ano passado, mas infelizmente, até o momento, parece que a gestão pública não tem dado o valor que realmente merece a saúde do povo de Pirambu. Os trabalhadores sofrem com os baixos salários, péssimas condições de trabalho nas unidades de saúde, atraso de salários, falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), entre outros.

O Ministério Público já condenou à prefeitura e o próprio gestor a pagar multa diária de R$ 500,00 e R$ 100,00 respectivamente, caso as reivindicações não fossem atendidas imediatamente. Dentre elas, estão: 1 – Salário Base de R$ 465,00 para todos os servidores da saúde; 2 – EPI’s para todos os servidores; 3 – Pagamento do salário atrasado do mês de dezembro de 2008; 4 – Equiparar o salário dos Agentes de Endemias com o dos Agentes Comunitários de Saúde ; 5 – Auxílio transporte para os Agentes de Endemias.

Por todos esses motivos expostos nesta carta aberta, contamos com o apoio da população em entender as nossas razões pela greve e por lutarmos pelos nossos direitos.

Acesse o www.sintasa-se.com.br para outras informações.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS