7 de nov de 2009

Concorrida posse do padre Natale Brambilla em Pirambu

Novo pároco de Pirambu tem como principal característica a simpatia e simboliza a relação histórica de amizade em brasileiros e italianos
Por Claudomir Tavares | claudomir@infonet.com.br


Depois da emoção na despedida do padre Jideilton Lima no último sábado, 31/10, os católicos de Pirambu retornaram a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes para prestigiar a posse do mais novo pároco de Pirambu, o italiano Natale Brambilla, ocorrida no último domingo, em Missa Solene celebrada pelo Bispo Diocesano de Propriá, Dom Mário Rino Sivieri, assim como Brambilla, também italiano.

Natural de Milão, Natale Brambilla terá a tarefa de conduzir o rebanho católico nos próximos anos. Um desafio que será exercido com maestria, considerando a simpatia, cordialidade e capacidade de relacionar-se do novo pároco. Ele substitui um padre, Jideilton Lima, que teve sua passagem marcada pela constante presença, envolvimento nas questões sociais de Pirambu, uma espécie de remanescente da Teologia da Libertação, da qual fizeram parte Dom Paulo Evaristo Arns (arcebispo de São Paulo/SP)), Dom Elder Câmara (Bispo de Olinda/PE), Dom José Brandão de Castro (Propriá/SE), Dom Pedro Casadáliga (Goiânia/GO), entre outros em todo o Brasil.

A comunidade católica de Pirambu não é afeita as comparações, apenas respeitando o comportamento de cada padre, sabendo que cada um, em seu tempo, deram suas insuperáveis contribuições, a exemplo dos padres Cláudio, Gerard Olivier, Etiene Lamaire, Edinaldo Oliveira, Raimundo Pereti, Givaldo Rocha, Jideilton Lima, só para citar aqueles cuja passagem foram mais visíveis.

“A paróquia Nossa Senhora de Lourdes se alegra com a chegada de nosso novo pastor, Padre Natale Brambilla”, assim saudavam através de uma faixa estendida na frente da Igreja Matriz, a comunidade pirambuense, através dos católicos. Junto com o bispo Dom Mário, vários padres compareceram ao ato em que o padre Natale Brambilla renovou seus votos, entre eles os padres Enaldo (Japaratuba), Nanai (Assentamento 13 de Maio), Fábio (Pacatuba), Maurício (Canhoba e Amparo), Messias (Muribeca), Ednaldo (Graccho Cardoso), além de seminaristas, diáconos e ministros da Igreja Católica de Pirambu e convidados. Delegações de várias cidades vizinhas na Diocese de Propriá também vieram a Propriá prestigiar a posse do novo padre. Na Homilia, o bispo Dom Mário disse, referindo-se ao padre Natale que na Bíblia consta que disse Jesus: “eu não vim para ter privilégios, mas para servir”. Segundo bispo, “ser discípulo é servir” e este deve ser o papel de um padre. No Dia de Todos os Santos, o bispo fez referências aos Santos Anônimos, conforme ilustração do Semanário Litúrgico Catequético ‘O Domingo’. Sobre o padre Jideilton Lima, o bispo disse que ele “Pirambu não está se despedindo dele, mas enviando para outra tarefa evangelizadora”, esclareceu.

Em seguida, a posse do novo padre concretizou-se com a renovação dos votos, recebimento das chaves da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, do Sacrário, consumando a posse. O ofertório foi dividido em dois momentos. No primeiro, o bispo Dom Mário recebeu símbolos e referendas como bandeiras, banners, imagens de padroeiros dos povoados, como Santo Antônio (Lagoa Redonda), Nossa Senhora da Conceição (Aguilhadas), São João (Maribondo), Santa Rita (Bebedouro), Santa Izabel (Santa Izabel), São Sebastião (Alagamar) e Nossa Senhora de Lourdes (Pirambu). Na segunda parte, fiéis entregaram produtos e alimentos ao padre Natale Brambila, numa prova de devoção, gratidão e boas vindas ao novo padre. A missa que teve início por volta das 09h30m in, estendeu-se por mais de duas horas, não sendo registrada uma única pessoa arredando pé do local sagrado dos católicos.

A Tribuna da Praia, ao tempo em que agradece aqui ao padre Jideilton Lima o muito que fez em nossa cidade, dá as boas vindas ao nosso novo padre, desejando-lhe muita luz e que faça um trabalho evangelizador do tamanho da expectativa dos católicos de Pirambu e isso sabemos que ele corresponderá. Em breve publicaremos neste espaço entrevista com o padre Jideilton Lima, fazendo assim um balanço de sua passagem a frente da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes e com o padre Natale Brambilla, inclusive onde ele estava quando Paulo Rossi sapecou três gols no Brasil, marcando a consolidando a arrancada para a conquista da Copa do Mundo de 1982 e em um jogo entre Milan e Internazionale, de que lado ele está? De nossa parte, acreditamos que ele seja torcedor no Brasil da equipe do Flamengo, pois como diz o adágio popular, “se é Flamengo, Deus de abençõe, se não for”, Deus te perdoe”. Seja bem vindo abençoado!

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS