15 de out de 2010

Diocese de Propriá completa 50 anos

No próximo sábado, dia 16, a Diocese de Propriá criada no Arcebispado de Dom José Vicente Távora completará 50 anos de Fundada. A sua criação se deu num dia de domingo, aos 16 dias de outubro do ano de 1960, por volta das 17h30, quando chegou à Diocese de Propriá seu primeiro Bispo, Dom José Brandão Castro. Foi um dia de muita festa! O Núncio Apostólico, Dom Armando Lombardi, em frente à Catedral de Propriá, foi quem, em nome do Papa João XXIII, oficializou a criação, instalação e a nomeação do seu primeiro bispo.
De acordo com o padre Isaias Nascimento, da Diocese de Propriá, ela ficou reconhecida ao longo da história de Sergipe e do Brasil por ter sido uma Igreja que, desde o seu primeiro Bispo, Dom José Brandão de Castro, assumiu a evangelização a partir da opção preferencial pelos pobres.
Marcaram a história da Igreja diocesana de Propriá que repercutiram pelo Brasil afora, o movimento em defesa dos posseiros do Betume (em Neópolis), dos posseiros da Fazenda Santana dos Frades (Pacatuba), dos posseiros de Mundéu da Onça (em Neópolis), da Ilha de São Pedro e da Caiçara do povo indígena Xokó (em Porto da Folha), dos sem-terra da Barra da Onça e Pedras Grandes (Poço Redondo), de Ilha do Ouro (em Porto da Folha), Monte Santo (em Gararu) e Morro das Chaves (em Propriá); a luta contra a transposição em defesa do Rio São Francisco e a defesa das comunidades quilombolas. Sem falarmos da atuação da Pastoral da Criança que vem prestando um serviço a mais de 14 mil crianças em toda a região do baixo São Francisco.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS