21 de ago de 2010

Estudantes de Pirambu visitam a nascente do Rio Japaratuba

Projeto será apresentado segunda-feira, 23, na Escola Municipal Mário Trindade Cruz, a maior e mais representativa da rede municipal de ensino em Pirambu

Está previsto para a próxima segunda-feira, 23 de Agosto, a apresentação do Projeto Pedagógico ‘JAPARATUBA: UM RIO CHEIO DE HISTÓRIAS – PROBLEMAS E SOLUÇÕES’, idealizado pelo professor Claudomir Tavares da Silva, das disciplinas Sociedade & Cultura e Cultura & Artes na Escola Municipal Mário Trindade Cruz, a maior e mais representativa da rede municipal de ensino em Pirambu. O projeto consiste em promover um amplo estudo sobre os aspectos históricos, geográficos, culturais e sociais do rio que é o maior patrimônio natural de 20 municípios sergipanos.

Ex-presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Japaratuba (2008/2010) e membro fundador da Sociedade Sócio-Ambiental do Vale do Japaratuba (SOS Rio Japaratuba), o professor Claudomir Tavares pretende socializar esta experiência com estudantes da instituição, promovendo-a em conjunto com os demais professores das áreas afins, a exemplo de História e Geografia que atuam junto as 8ª séries do Ensino Fundamental e 3ª Etapa da Segunda Fase da Educação de Jovens e Adultos (EJA-EF). O projeto depende da viabilidade econômica, que deve ter uma contrapartida da prefeitura municipal de Pirambu.

O Rio Japaratuba – Nasce na Serra da Boa Vista, entre os municípios de Feira Nova e Graccho Cardoso, no Sertão Sergipano e após percorrer aproximadamente 92 km em 20 municípios, deságua no Oceano Atlântico, entre os municípios de Pirambu e Barra dos Coqueiros. É a única bacia genuinamente sergipana. Possui uma planície aluvial onde se desenvolve, atravessando áreas agrícolas, onde se desenvolve a cultura canavieira e do coco. No Baixo Japaratuba, destaque para a atividade petrolífera e a atividade pesqueira artesanal. Possui como principais afluentes os rios Siriri, Riachão, Lagartixo, na sua margem direita e Japaratuba-Mirim e Cajueiro, na margem esquerda.

O Projeto – Segundo o professor Claudomir Tavares, que é graduado em História e pós-graduado em Gestão de Recursos Hídricos, ambos pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), “o Projeto obedecerá um cronograma que inclui apresentação da proposta, estudo de textos básicos sobre os aspectos históricos, geográficos, culturais e sociais, visitas técnicas-excursões pedagógicas a pontos críticos do rio e seus afluentes”, descreve. Terá início em 23 de Agosto, no dia em que a Tribuna da Praia comemora 27 anos e culminância em 26 de Novembro, data em que se celebraremos os 47 Anos de Emancipação Política de Pirambu. “Além de professores e estudantes do Mário Trindade, estenderemos o convite a professores, pesquisadores e ambientalistas de Pirambu, Japaratuba e Capela, com os quais mantemos permanente contato e parceria”, completa Claudomir.

Parcerias – Para a realização do Projeto ‘JAPARATUBA: UM RIO CHEIO DE HISTÓRIAS – PROBLEMAS E SOLUÇÕES’, estão previstos estabelecimentos de parcerias com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Japaratuba, Petrobrás, SOS Rio Japaratuba, Prefeitura Municipal de Pirambu e Portal Tribuna da Praia. Há ainda uma proposta de que o projeto acontece dentro do II Seminário da SOS Rio Japaratuba, cujo tema é o que inspirou o Projeto a ser apresentado no Mário Trindade Cruz.

Antecedentes – Em 2006 a SOS Rio Japaratuba promoveu o I Seminário, em parceria com a Escola Municipal Mário Trindade Cruz, tendo como tema ‘Manguezal: Importância e Preservação’, cuja programação constou de Palestra e Mesa Redonda no Clubinho da Tartaruga (24/11), Passeio de Escuna pelo Rio Japaratuba – Pirambu/Porto Santo (25/11) e Visita ao Rio das Pedras, leito natural do Japaratuba (26/11). Esta será, então, mais uma parceria com a ONG que promove ainda desde 2008 a Campanha ‘Praias e Rios: Vamos limpar e aprender a não sujar’, na qual a escola, juntamente com outras instituições encampa a idéia.

Fonte: TRIBUNA DA PRAIA.net - Em: 21/08/2010

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS