30 de dez de 2009

Gestão Educacional de Pirambu é a pior de Sergipe, segundo votação realizada pelo SINTESE

Estado de Sergipe fica com 4,6 (quatro vírgula seis) e Pirambu com 0,0 (Zero)
Por Claudomir Tavares | claudomir@infonet.com.br

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Oficial de Sergipe (SINTESE), realizou pelo quinto ano consecutivo no início de dezembro uma votação através de voto direto e secreto com os seus filiados em todos os municípios (professores das redes municipais e estaduais), para avaliar a política educacional do governador Marcelo Déda (PT) e dos 75 prefeitos municipais. O resultado foi divulgado na manhã de hoje em ato realizado nos encontros dos calçadões das ruas Laranjeiras e São Cristóvão, no Centro da Capital, Aracaju e, para nós de Pirambu, foi uma tragédia.

Pelos dados levantados na votação, os professores deram uma nota 4,6 (quatro vírgula seis) a política educacional da rede estadual, que tem o governador Marcelo Déda (PT) e o secretário de estado da Educação, professor José Fernandes Lima, a frente dos programas e projetos. Em Pirambu, a pesquisa envolveu os filiados ao SINTESE, entre os 121 professores da rede municipal de ensino, apresentando uma nota humilhante para a gestão que tem a frente o prefeito José Nilton de Souza (PMDB) e a professora Maria de Lourdes Cardoso Gouveia secretária desde janeiro de 2009.

Sinal Vermelho – O resultado acendeu uma luz vermelha no semáforo amarelo da secretaria municipal de educação, pasta que tem a reprovação não só da totalidade dos profissionais do ensino, mas a atuação da sua titular, questionada pelo maioria da base de sustentação do prefeito Zé Nilton. A falta de humildade, a arrogância, as disparidades e distorções, associadas às aberrações ali em práticas levaram ao conceito da pior experiência educacional em 46 anos de educação pública em Pirambu, 44 deles de forma autônoma. E não foi por falta de aviso, de alerta aos através deste espaço.

Pesquisa – Na manhã de ontem divulgamos uma pesquisa realizada em quatro bairros de Pirambu (Centro, Lourival Bomfim, Bela Vista e Reinaldo Moura) e quatro povoados (Aguilhadas, Maribondo, Lagoa Redonda e Alagamar), em que foram ouvidos 15 entrevistados em cada bairro e 10 em cada povoado. Os números apresentaram uma reprovação de 77% a política de Saúde do município, que tem a frente o médico Marden José de Andrade. Os números aferidos com relação à política de Educação, levantados na mesma pesquisa, serão divulgados na próxima atualização deste portal.

Plano de Carreira e Remuneração – E os professores estão mobilizados e já conseguiram sensibilizar os vereadores de Pirambu para a necessidade de emendar o Projeto de Lei Nº 17/2009 que dispõe sobre o Plano de Cargos e Salários e Remuneração do magistério da rede municipal de ensino. O projeto foi apresentado a secretaria da Câmara Municipal na semana passada, e na Sessão Extraordinária realizada na noite de ontem, 28, foi apresentado aos vereadores, indo as comissões para tramitação e recebimento de emendas. A votação acontece logo mais a partir das 18 horas, devendo ser aprovado pela unanimidade dos parlamentares, segundo levantamento preliminar deste portal.

Fonte: TRIBUNA DA PRAIA - Em: 29/12/2009

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS