6 de fev de 2010

ANDRÉ MOURA: “Elinho é candidato a prefeito de Pirambu”

Deputado André Moura afirma que Elinho Martins será candidato a prefeito de Pirambu em 2012
Da Editoria de Política

Ex-candidato a prefeito de Pirambu em 2004, e que pela sua condição de cunhado do então prefeito André Moura (1997/2004), o empresário Elio José Lima Martins, o Elinho, atual presidente municipal do Democratas, será candidato a prefeito em 2012. Quem informa é o deputado estadual André Moura (PSC), pré-candidato a deputado federal. “Só não podemos afirmar textualmente que ele é candidato por que a legislação eleitoral não permite, assim, Elinho é pré-candidato a prefeito de Pirambu e no momento certo vamos retornar a prefeitura desta cidade”, afirmou.

Enquanto as eleições não acontecem, André calça-se de sua base de apoio que começa a ser remontada. O ex-prefeito e provavelmente um dos mais bem votados deputados federais de 2010, confirmadas as previsões de analistas políticos, intensificou sua presença nos povoados, através de Elinho e dele próprio, presenteando crianças quando das vésperas do natal. Está reconstruindo seu território e sua base política já soma entre três a quatro vereadores, podendo ser ampliada para cinco ainda neste primeiro semestre de 2010. Segundo uma fonte ligada ao deputado André Moura, sua base está sendo consolidada e “no momento certo, muitos que debandaram, farão o caminho de volta”, disse referindo-se aqueles que hoje integram o grupo que dá sustentação ao prefeito de Pirambu, José Nilton de Souza (PMDB).

A política é mesmo insuperável na sua dinâmica de surpreender. Em 2008 André optou em não lançar candidato a prefeito em Pirambu, em função do desgaste sofrido a partir da avalanche de denúncias que tiveram como autor o então prefeito Juarez Batista em 2007. Em um ano o grupo Moura não encontrou forças políticas para se reerguer. A maioria de seus correligionários optou então por apoiar o candidato do PT, Vado de Gago e não obstante seus candidatos a vereadores terem assegurados mais de 1200 votos ao petista, a possível vinculação ao deputado, custou-lhe a derrota.

O resultado do primeiro ano de administração, apesar da maioria dos problemas enfrentados pelo prefeito José Nilton (PMDB) terem sido fruto da ‘herança maldita’, que entre outras deixaram uma dívida de mais de R$ 12 milhões só com o INSS, a falta de ações práticas, visíveis, fizeram ressuscitar os Mouras, de tal forma que, na definição de um influente analista político local, temos hoje um candidato que sobe como foguete, um que tem a prefeitura mas está perdido diante de uma equipe fraca, e outros grupos dispersos (ele se refere ao PT, ao PV, ao PPS e outros, como o ex-prefeito Juarez Batista). “Elinho está em campanha desde setembro de 2009 e praticamente não tem adversários”, constatou. Outros pedem cautela e atentam para o fato de que ninguém subestime quem está com a máquina municipal na mão e que o prefeito Nilton pode vir a recuperar-se e, quem sabe, reerguer-se politicamente.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS