27 de fev de 2010

Professores de São Brás em greve por ‘tempo determinado’

A expressão ‘tempo determinado’ dá-se porque, segundo o SINTEAL, cabe ao prefeito Neto negociar com a categoria
Texto: Claudomir Tavares

Os professores da rede municipal de cidade alagoana de São Brás, as margens do rio São Francisco, distante 186 km de Maceió, não iniciaram o ano letivo 2010 e a greve estende-se por ‘tempo determinado’. Esta expressão se dá em função da atribuição que tem sido dada ao prefeito Neto (PSDB) pelo SINTEAL (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas), em que cabe a ele negociar com a categoria para por fim ao movimento e assim dar provimento ao início do ano letivo.

O prefeito mostra-se irredutível e diz que irá cortar o ponto daqueles entre os 98 professores da rede municipal que aderiram ao movimento. Os líderes sindicais rebatem e afirmam que os 200 dias letivos, ao serem iniciados, só serão concluídos com a devolução do que for retirado de seus proventos, caso as ameaças do prefeito sejam cumpridas. Os professores assumiram no ar na manhã de hoje em entrevista dada ao programa Jornal da Ilha, apresentado pelo radialista Eugênio Santana, o compromisso com a sociedade de repor os dias paralisados.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS