23 de fev de 2010

Ano letivo inicia parcialmente em Pirambu

No Mário Trindade aguarda-se o início de forma integral no dia de hoje, enquanto no Amaral Lemos, as aulas só serão iniciadas na próxima segunda-feira

Previsto para ter início no dia 08 de fevereiro, as aulas da rede pública municipal e estadual de Pirambu foram adiadas para o dia 22, em função de uma série de ajustes administrativos e pedagógicos necessários para enquadrar algumas situações que fugiram ao controle da normalidade na competência das respectivas instituições. Mas a previsão aconteceu parcialmente. Apesar de já ter iniciado o ano letivo nas demais escolas da rede municipal, no Mário Trindade Cruz as aulas começaram parcialmente no dia de ontem na modalidade polivalente (1ª a 4ª séries iniciais), estando previsto para hoje o início das aulas por áreas (disciplinas), no Ensino Regular (Ensino Fundamental) de 5ª a 8ª séries e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Na tarde de ontem, professores estiveram reunidos para discutir distribuição de turmas e respectivas cargas horárias.

O transporte escolar ainda não havia começado a funcionar na tarde de ontem, 22, mesmo com os recursos assegurados e repassados religiosamente pelo Ministério da Educação, comprovando total irresponsabilidade do poder público municipal, o que tem irritado de forma acentuada a sociedade pirambuense. A merenda escolar, item de primeira necessidade, só ontem começou a chegar às dispensas das escolas, num descaso total e falta de planejamento da desastrosa política educacional do município. Aguarda-se que as condições de acomodamento sejam melhores que aquelas denunciadas em 2009, quando em muitas escolas ficavam expostas a vulnerabilidade, próximas de produtos de limpeza entre outros absurdos levados a público pelo Conselho de Alimentação Escolar.

Já no Colégio Estadual José Amaral Lemos os estudantes terão que esperar mais uma semana para o tão esperado início do ano letivo. É que até a manhã de ontem não havia pessoal de apoio (serventes) em número que possibilitasse o funcionamento da instituição. As nomeações que em Pirambu são feitas por indicação política do prefeito José Nilton (PMDB) e da deputada Conceição Vieira (PT) nos mesmos moldes da ditadura militar que sangrou o Brasil de 1964 a 1984 mas que persiste com requintes de crueldade no governo do senhor Marcelo Déda (PT). No final da noite de ontem tentamos um contato com a professora Tereza Cariri, diretora da instituição, mas devido o adiantado da hora não obtivemos retorno, o que aguardamos na manhã de hoje.

Vamos aguardar o início das aulas de forma integral para fazer uma análise mais detalhada das perspectivas que cercam a educação em Pirambu, uma vez que, retirando algumas ilhas de 2009, é preciso que se faça uma ampla reflexão para que em 2010 possamos alcançar a tão sonhada luz no fim do túnel.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS