22 de jul de 2010

Ato Político marcou lançamento do PCB em Pirambu

Evento aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a presença do professor Leonardo Dias, candidato a governador e Secretário Político do Comitê Regional do PCB em Sergipe

Fundado em 22 de março de 1922, o Partido Comunista Brasileiro é a mais fantástica experiência partidária no país. Ao longo dos seus 88 anos, esteve presente nos principais acontecimentos da vida política do povo, destacando-se na defesa da democracia, da liberdade e pelo socialismo.

Na noite de ontem, 21, mais um capítulo desta História foi escrito com o lançamento do PCB em Pirambu, em Ato Político que contou com as presenças dos principais quadros do partido em Sergipe, de convidados e dos primeiros militantes que passam a condição de dirigentes do Comitê Municipal.

O ato simbólico de lançamento do PCB aconteceu na Câmara de Vereadores e foi testemunhado por aqueles que estão com seus nomes inapagáveis na História do partido, pois participaram de um momento cuja grandeza será consolidada pelo tempo.

Marcado pela qualidade de sua representação, muito mais pela quantidade de pessoas presentes, o professor Claudomir Tavares da Silva, iniciou os trabalhos saudando a todos os dirigentes estaduais, convidados de outros partidos, simpatizantes e futuros militantes do PCB. Visivelmente emocionado, pois iniciava sua militância no PCB depois de 27 anos de ininterrupta ação política em Pirambu e em Sergipe, ele disse que seu primeiro contato com o Partidão deu-se em 1986 e depois em 2009, “mas como há tempo para tudo entre o Céu e a Terra, quis as circunstâncias históricas, que este momento acontecesse na noite de hoje”, disse.

Claudomir resumiu sua trajetória política, a importância daquele ato e projetou as perspectivas de atuação do novo partido, que mesmo depois de 88 anos, é a maior renovação na vida política brasileira. Disse que “aqui não está se iniciando a construção de um partido para disputar eleições, mas também para disputar eleições, uma vez que a nossa prioridade é a permanente mobilização popular, de inserção do partido nos movimentos sociais, com destaque para as ações no campo da cultura e do meio ambiente, expressões bastante representativas em nossa cidade”, acrescentou.

Em seguida, passou-se a composição da mesa, integrada pelo professor Leonardo Dias, Secretário Político do Comitê Regional e candidato ao governo de Sergipe, que faria a palestra da noite e pelo jovem Everson Santos, representando os novos militantes. Leonardo Dias iniciou revelando de sua identidade com este município, dizendo que tem raízes no povoado Lagoa Redonda, distante 18 km de Pirambu, onde nasceu sua genitora, quando aquelas terras ainda pertenciam a Japaratuba. Disse que aqui passou alguns carnavais, logo havendo uma intensa sintonia entre Pirambu e a sua pessoa. Em seguida, ele fez um breve relato da trajetória do PCB, das lutas e bandeiras históricas dos comunistas brasileiros, os tempos de clandestinidade e a conquista da ilegalidade. “O PCB é um partido de quadros, não de massa, mas que tem como tarefa organizar as massas. Seria estranho que ao chegarmos aqui encontrássemos uma multidão neste auditório, mas aqui estão aqueles camaradas que manifestam a disposição de construir o partido, e isso é o mais importante”, assegurou.

Leonardo disse estar feliz com as adesões que tem se manifestado a candidatura do partido, citando que entre eles estão candidatos do PSOL, ainda que este partido tenha candidato a governador e do PV, que não fez o lançamento do seu candidato majoritário. Ele disse que a sua presença e de outros membros do Comitê Regional naquele ato, “muito mais importante que pela questão eleitoral, se dá pela questão simbólica de lançamento do partido em Pirambu”, comparou. “A gente está plantando uma semente para o futuro, não sabemos se um futuro próximo, a médio ou a longo prazo. Não é fácil conscientizar as pessoas, as vezes esta sensibilização demora”, contextualiza.

“Vários políticos sergipanos importantes já passaram por este partido, cada um em seu devido tempo, dando sua contribuição, a exemplo de Jackson Barreto, Jorge Carvalho, Antônio Samarone. A nível nacional, destaco o escritor Monteiro Lobato, aquele que escreveu o Sítio do Pica Pau Amarelo, enfim, o ator Mário Lago, o radialista João Saldanha, e tantos outros heróis do povo brasileiro”, elenca Leonardo, acrescentando que hoje esta tarefa de construção partidária está reservada aos novos quadros que tem abraçado a bandeira da reconstrução revolucionária do PCB.

Aberto o debate, fizeram uso da palavra os professores José Antônio Marques, candidato ao senado, Euton Dantas, candidato a vice-governador, José de Oliveira, secretário estadual de Formação Política, todos membros do Comitê Regional do PCB, os militantes do Partido Verde Francisco Alves Barreto (Aracaju), José Gomes, candidato a deputado federal (Aracaju) e Gilson Guimarães (Laranjeiras), a professora Jucileide Tavares. “É indemissível que uma categoria importante como os pescadores e que Pirambu ilustra tão bem este setor, não esteja representado no Conselho Estadual do Meio Ambiente’, questionou o professor Marques a política do atual governador Marcelo Déda. “É importante que o partido esteja presente nas lutas sociais, culturais e ambientais em nosso município”, sugestionou a professora Jucileide Tavares.

Ao final de sua fala, Leonardo Dias, na sua condição de dirigente máximo do PCB em Sergipe, apresentou Claudomir Tavares como o Secretário Político do PCB em Pirambu, sendo aclamado pelos presentes. Dias fez a entrega do Manifesto Comunista ao jovem Everson Santos e as resoluções do XIV Congresso Nacional do PCB a Claudomir Tavares, Jucileide Tavares e Everson Santos, que passam a integrar o Secretariado do Comitê Municipal de Pirambu.

“O principal título de um comunista é o de militante e este espero honrá-lo condignamente. A condição de dirigente, aumenta minha responsabilidade e espero corresponder ao Comitê Regional por confiar a tarefa de Secretário Político, o que nos demais partidos corresponde a função de presidente. O PCB tem 88 anos e olhando para meu pai, Francisco Pereira da Silva, aqui presente, com 85 anos, mas com a carinha de 86, minha irmã, Claudeci Tavares e minha sobrinha, Jucileide Tavares, daqui há muitos anos meu filho, João Victor que tem dois anos e dois meses vai olhar para trás e dizer: meu pai foi um militante do Partido Comunista Brasileiro e honrou a sua História”, discursou.

Claudomir agradeceu ainda ao partido e ao seu pai, dando um testemunho de quando este afirmou ainda em sua infância que não teria herança para deixar, e que a maior riqueza que teria para ele seria ir a escola. “Meu pai não imagina a dimensão desta riqueza que me deu, pois graças a ela, tenho dois empregos adquiridos através de concurso público e me deu a oportunidade de conhecer o PCB, que passo a integrar na noite de hoje. Espero um dia tê-lo também militando no partido, como minha irmã e minha sobrinha”, concluiu o Secretário Político. Para dar por concluída, Leonardo Dias, ao lado de Euton Dantas, entregaram simbolicamente a bandeira do PCB nas mãos de Claudomir, que passa a ter a responsabilidade de dirigi-lo em Pirambu, ao lado de Jucileide Tavares, Secretária de Organização e Everson Santos, Secretário de Finanças.

O Ato de Lançamento do PCB foi transmitido ao vivo pelo Twitter do professor Claudomir Tavares (http://twitter.com/claudomir21) possibilitando que twitteiro interagissem, a exemplo do professor Claudiano Soares, o Pequeno, presidente do PV de Simão Dias, do web radialista José Maciel, membro do PV de Laranjeiras e do professor universitário Jorge Carvalho do Nascimento, ex-candidato a prefeito de Aracaju em 1988. A imprensa de Pirambu esteve representada pelo portal Tribuna da Praia, o primeiro jornal do interior de Sergipe na internet, com mais de 3 mil acessos diários, sendo 400 deles só nesta cidade.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS