15 de jan de 2010

ELEIÇÕES 2010: Eugênio Santana é a bola da vez

Radialista é um dos mais expressivos pré-candidatos a deputado estadual
Por Claudomir Tavares | claudomir@infonet.com.br


Vem do Baixo São Francisco, mais precisamente da cidade de Propriá, um nome que promete constituir-se em um fenômeno eleitoral na disputa por uma cadeira na Assembléia Legislativa. Eugênio Santana, que nasceu em Cubatão (SP), mas tem toda sua vida familiar e profissional construída em Sergipe, atuando há mais de 20 anos em importantes emissoras de rádio, sempre com elevados índices de audiência. Foi assim na Rádio Capital do Agreste AM (Itabaiana/SE), Rádio Cidade AM (Simão Dias/SE), Tropical FM (Simão Dias/SE), Educadora AM (Frei Paulo),Liberdade AM (Aracaju), Itabaiana FM (Itabaiana/SE), Progresso AM (Lagarto/SE) e atualmente aa Ilha FM (Propriá/SE), onde comemora o maior pico de audiência da emissora, a partir da apresentação do programa Jornal da Ilha, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 12 às 14 horas e aos sábados, das 07 às 09 horas.

Ex-candidato a prefeito em 2008 pelo inexpressivo PSDC (que tem como comandante o meu guerreiro Adelson Alves), o radialista surpreendeu e por uma margem de 1435 (ele obteve 7.023 votos contra 8.458 do prefeito reeleito, Paulo Britto, PT) esteve próximo de tornar-se prefeito de Propriá, disputando sua primeira eleição. Apesar de não sair vitorioso, Eugênio Santana obteve uma expressiva vitória política, constituindo-se hoje na maior referência política entre os sem mandatos de todo o Baixo São Francisco, com influência que ultrapassa os limites do Rio da Unidade Nacional, esgtendendo-se até o vizinho estgado de Alagoas. Eugênio herdou o espólio político, os eleitores da ex-prefeita Maria das Graças Nascimento (Dona Menininha) e de seu filho, o ex-deputado e ex-prefeito José Luciano Nascimento Lima (Luciano de Menininha).

É, indiscutivelmente o nome mais forte para a disputa pela prefeitura de Propriá em 2012, tendo neste intervalo entre a última (2008) e a próxima eleição municipal, uma disputa de eleições gerais em 2010, quando Eugênio Santana disputará um mandato de deputado estadual pelo PTC, que tem como patrono o empresário Edvan Amorim e como maior ícone político o deputado federal Eduardo Amorim, o mais votado da história política de Sergipe e que é pré-candidato ao senado federal, “nem que chova canivete”, como afirmam seus aliados.

A nossa experiência de analista político e de quem tem acompanhado a meteórica trajetória política de Eugênio Santana, ainda que de longe (atuamos politicamente em Pirambu), nos dá a dimensão do poder de influência do nome do radialista e de sua inserção, a partir do que capitalizou eleitoralmente nas urnas em 2008 e consolida-se no espaço que tem diariamente na radiofonia do Baixo São Francisco, cuja presença já remonta os seis anos. Eugênio é indubitavelmente o mais forte entre os pré-candidatos ao mesmo cargo em 2010 (os atuais deputados Angélica Guimarães e Ulisses Andrade e o ex-deputado e ex-prefeito de Propriá Renato Brandão), com os quais inevitavelmente irá polarizar a disputa, tornando para esta instância uma espécie de eleição majoritária, pelo menos em Propriá, onde o grupo que está no comando da prefeitura já fechou questão com a pré-candidatura de Renatinho.

O raio de influência de Santana vai de Brejo Grande, no Baixo São Francisco, até Canindé do São Francisco, no Sertão Sergipano, com influências que se alteram como ondas de rádio, passando por municípios como Ilha das Flores, Pacatuba, Japoatã, Neópolis, Santana do São Francisco, São Francisco, Malhada dos Bois, Muribeca, Aquidabã, Graccho Cardoso, Feira Nova, Propriá, Telha, Cedro de São João, Amparo do São Francisco, Nossa Senhora de Lourdes, Gararu, Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre de Sergipe, Porto da Folha e Poço Redondo, incluindo sede dos municípios e povoados.

Sendo realizada uma pesquisa de opinião pública nestas cidades (e nós não o faremos por não dispor dos recursos nem dos meios necessários para realizá-la), Eugênio Santana pontua em primeiro lugar em parte delas, ficando em segundo, terceiro e quarto lugar em outras. Deverá ser bem votado em todfas elas. Mantendo-se os prognósticos, Eugênio Santana deverá eleger-se deputado estadual, reforçando o projeto que tem como comandante os irmãos Edvan e Eduardo Amorim, que apesar de aliados do atual governador Marcelo Déda (PT), estão hoje na condição de fiéis da balança, levando a Porto Seguro (também chamado Vitória Eleitoral) o barco deste ou do ex-governador João Alves Filho (DEM), recebendo neste momento carinhos e afagos das principais lideranças que orbitam em torno do ex e do atual governador.

Numa eleição onde o eleitor tem inflacionado a disputa, Eugênio tem ao seu lado a simpatia, a propaganda indireta, o apoio e a legitimidade de lideranças populares em todas estas cidades. Necessita de costurar acordos, de reunir os recursos necessários a estabelecer a ponte que possivelmente lhe levará aos votos. Se depender das galinhas de capoeira que tem provado semanalmente nestas comunidades, energia, calor humano e energia não lhe faltará.

Fonte: TRIBUNA DA PRAIA - Em: 15/01/2010

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS