21 de jan de 2010

Empossados os novos membros do Comitê do Rio Japaratuba

Duas mulheres foram eleitas presidente e secretária geral, fato inédito no Brasil que tem algo em torno de 100 comitês de bacias hidrográficas

Foto: Jackson Leite (CBH/Rio Sergipe)


A cidade de Nossa Senhora das Dores, distante 72 km de Aracaju, sediou na manhã de ontem a posse dos novos membros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Japaratuba, para o biênio 2009/2011. O ato aconteceu no auditório do CDL e contou com as presenças do secretário de estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Márcio Macedo, do prefeito e do vice-prefeito de Nossa Senhora das Dores, Aldon Luiz e Gilberto Santos, da prefeita de Cumbe, Maria Terezinha, do gerente executivo do IBAMA (SE), Manoel Rezende, dos presidentes dos comitês dos rios Sergipe, Edmilson Araújo, Piauí, Luís Carlos Souza, Japaratuba, Claudomir Tavares e da Câmara Consultiva do CBH do São Francisco, Luís Carlos Fontes, do superintendente de recursos hídricos, Aílton Francisco da Rocha, do presidente da Sociedade Semear, Carlos Roberto Britto Aragão, de vereadores, secretários municipais, líderes comunitários e membros dos comitês dos rios Japaratuba, Piauí, Sergipe e São Francisco.

A reunião em Dores constituiu-se no último ato da gestão 2007/2009, que tinha como presidente o professor Claudomir Tavares (Colônia de Pescadores Z – 5), como secretário geral o agente comunitário de saúde Josemir Menezes Ribeiro (Associação Ecológica de Capela) e como secretário executivo o diretor de meio ambiente Benedito Silvestre Ferreira (Prefeitura de Japaratuba). Entre os 24 eleitos que representam de forma tripartite o Poder Público (federal, estadual e municipal), sociedade civil e usuários da água, estão o diretor de esportes Ronnie Ferreira (Prefeitura Municipal de Pirambu), o vereador José Luiz de Andrade (Câmara Municipal de Pirambu), o professor Claudomir Tavares da Silva e o líder sindical Miguel Porto Pires (Colônia de Pescadores Z-5/Pirambu), o líder comunitário Benedito Silvestre Ferreira (Associação Comunitária de Jovens e Adultos do Povoado Porteiras/Japaratuba), o cooperativista José Augusto Feitosa (Cooperativa Mista de Colonização Jardim/Japaratuba), as ambientalistas Lenice de Jesus Santos e Ângela Maria do Nascimento Lima (Oscatma/Barra dos Coqueiros), Josemir Menezes Ribeiro e Pedro dos Santos (Associação Ecológica de Capela), entre outros.

O ato de posse dos membros (estiveram presente 20 dos 24 titulares) foi conduzido pela SRH/Semarh, órgão gestor das águas de Sergipe, enquanto que o processo de eleição da diretoria do CBH-Japaratuba foi conduzido pela Comissão Eleitoral, composta por Lucival Moura (presidente), Ângela Maria Lima e Luiz Carlos Souza (membros), enquanto que a posse dos eleitos foi feita pelo então presidente, Claudomir Tavares, que efetuou a transmissão de cargo, empossando-as. Por aclamação foram eleitas para presidente e secretária geral as senhoras Rosa Cecília Lima Santos, professora, bióloga, com pós-graduação (especialização) em Educação Ambiental e que representa no comitê a prefeitura municipal de Capela e a professora Agailda Vieira Gomes, que representa no comitê a Associação dos Pescadores de Maruim. “Pela primeira vez estão sendo eleitas e empossadas duas mulheres para dirigir um comitê, isso é um fato inédito no Brasil, que tem algo em torno de 100 comitês”, registrou Luís Carlos Souza, que é presidente do Fórum dos Comitês de Bacias Hidrográficas de Sergipe.

No mesmo ato, a prefeitura municipal de apela também foi eleita por aclamação para sede da Secretaria Executiva do CBH-Japaratuba, devendo oferecer a estrutura necessária para garantir seu funcionamento, além de destacar um técnico para ocupar a a condição de secretário executivo, substituindo ao atual Benedito Silvestre, que naquela ocasião encerrou sua participação nesta condição e passou a integrar o comitê como membro titular. Em seu discurso, o presidente Claudomir Tavares, que encerrou o mandato, agradeceu aos membros que estavam encerrando o mandato naquele momento pela somação de esforços nestes dois anos, e afirmou que “a incipiência da atual gestão são pilares para as muitas realizações que serão desenvolvidas pelo comitê com as presenças das senhoras eleitas neste ato”. Empossada, a professora Rosa Cecília conclamou a todos para a responsabilidade de dividir a responsabilidade. “O meu trabalho só depende de vocês”, afirmou, agradecendo a todos pela confiança e pela eleição, a segunda realizada por aclamação (em 2007 André Maciel – presidente e Claudomir Tavares – secretário geral também foram eleitos por aclamação).

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS