15 de mai de 2008

Fique de Olho


Antônio Santana reage com ameaças
Mostrando-se despreparado para a função e visivelmente nervoso, prefeito reage com ameaças as matérias veiculadas na Tribuna da Praia, mesmo não sendo elas de nossa autoria
Por Claudomir Tavares
claudomir@infonet.com.br

Mostrando-se totalmente despreparado para a grandeza do cargo que ocupa, o vereador Antônio Fernandes de Santana, prefeito em exercício da cidade de Pirambu, não está sabendo digerir as matérias jornalísticas que tem sido veiculadas na imprensa sergipana e, como fazemos ao longo dos últimos quatro anos, transcritas na íntegra na Tribuna da Praia, jornal online que publica simultaneamente esta Coluna e textos veiculados neste Blog.

Demonstrou isso às 16h35min de ontem, 14, quando parou seu veículo para nos ‘agradecer’ pela ‘publicidade’ que estamos fazendo. O vereador mostrou que não leu, e seu leu não compreendeu (é compreensível), pois nenhum dos textos publicados (e era sobre eles que o prefeito se referia) na Tribuna da Praia on-line desde o último domingo continha nossa autoria. Dizendo-se que tinha 64 anos e não iria tolerar mais este tipo de atitude, que quem manda na prefeitura (será que queria dizer ‘manda’ na cidade) era ele e não Zé Nilton e que Dr. Fauto (Leite) apenas o ajuda (pago por quem?). Só ele falava, numa prova de quem prima pelo diálogo (lamentável).

Atitude reprovável

Estranha esta atitude do prefeito, presenciada por George Almeida Campos com quem conversávamos há um 10 minutos e nos últimos cinco minutos de conversa com Gilson dos Santos (Salgado), além de dezenas de curiosos que se aglomeravam na calçadas das residências do cruzamento e imediações da Rua Mário Trindade Cruz, com Avenida Agostinho Trindade e Rua Givaldo Moura da Silva, que demonstraram tamanha indignação e repulsa a uma atitude destemperada da principal autoridade do município. Segundo George, “nem Zé Nilton, pré-candidato a prefeito e citado nas matérias de Cícero Mendes
(Jornal da Cidade) e de Cláudio Nunes (Portal Infonet) teve um comportamento reprovável como este”, testemunha. Será que o vereador acha que o período que passará a frente da prefeitura de Pirambu só colherá os bônus? Não, terá que arcar com os ônus dos atos de gestor do patrimônio público, o que ele deveria saber, já que pertence a um puder fiscalizador, a Câmara Municipal.

Ameaças

O prefeito sempre teve o espaço da Tribuna da Praia, jornal que fundamos em 1983 e edição on-line no ar desde 2004 e em nosso Blog, a sua disposição, e se não utiliza, é por que não domina a tecnologia da intenet ou não nomeou um novo assessor de imprensa, em substituição ao competente radialista Flávio Lima, que respondia por esta função até o início de abril de 2008. Visivelmente nervoso e mais vermelho do que de costume, Santana deferiu tons ameaçadores, ao que ouviu de nossa parte que não tememos suas ameaças e que ele não faria conosco o que fez com o vereador Luciano Acciole, durante a Festa de São José da Caatinga em março de 2005, quando covardemente o agrediu fisicamente. Tonho Santana então disse que iria dizer a meu pai (Francisco Pereira da Silva) para que ele me calasse e lembrou que minha irmão, a professora Cláudia Tavares era diretora da Escola Mário Trindade Cruz (se ele se refere ao fato de que está mantendo ela no cargo de diretora para nos manter enquadrado, o Ministério Público precisa conter esta confissão de utilização da máquina pública em benefício próprio).

Não nos surpreendemos

Apesar de lamentar as atitudes antidemocráticas de Tonho Santana, elas não nos surpreende. Ele recorre ao seu estado ‘temperamental’, como ele fez questão de dizer: “Eu tenho 64 anos e sou temperamental’. Demonstrou isso contra o vereador de Japaratuba Luciano Acciole (PT) em 2006ª, contra a professora Tereza Cariri, quando esta defendeu o fim da vlharia (não na idade, mas nas idéias) no parlamento municipal, e contra o empresário Rui Boilivar, proprietário do Restaurante Pirambeleza, em 2007, quando este questionou a independência de alguns integrantes da Câmara Municipal, dores tomadas pelo vereador. Somos só mais um no currículo do vereador que acha que é rei e que tudo pode – e pode é?

Espaço aberto

O prefeito Antônio Santana tem demonstrado ultimamente este comportamento de nervosismo e de despreparo para a função que por força judicial ocupa desde 15 de fevereiro de 2008, mas sempre teve e terá espaço tanto na Tribuna da Praia, jornal que dirigimos (no momento estamos licenciados por opção pessoal), tanto em nosso Blog, espaço que utilizamos para expressar livremente nossas idéias. De nossa parte, não vamos mudar nosso comportamento respeitoso que sempre nutrimos pelo cidadão Antônio Santana, entendendo que se ele age desta forma,é pelas possíveis pressões que tem recebido,pele eminência de perder o mandato de vereador por infidelidade partidária ou pela possível ação do Ministério Público sobre sua gestão, conforme prevê o jornalista Cláudio Nunes em sua coluna na Infonet.

Respeito a minha família

Quanto às ameaças de envolver minha família, espero que o prefeito tenha juízos os deixe fora disso, ficando ele a vontade para solicitar o cargo de diretora de minha irmã, a professora Cláudia Tavares, uma vez que sua indicação e permanência lá aconteceu durante a intervenção, a qual tivemos a coragem de denunciar as mazelas e, como agora também termos sofrido perseguições. O prefeito tem o direito de manter ou não no cargo, uma vez que não pedimos para que a intervenção a nomeasse e não pedimos a Tonho Santana que a mantivesse. Quanto às ameaças, nos reservamos ao direito de denunciá-las a Polícia e a Justiça, o que não gostaríamos de fazer, pois assim só comprometeríamos ainda mais a já complicada situação do prefeito (conforme tem noticiado a imprensa sergipana), que pelo seu comportamento, não parece nada boa.

Por fim

Por fim, peço a Deus que dê juízo ao prefeito Antônio Santana, que de suas ações dependem o destino dos cerca de 8 mil habitantes de Pirambu. Saiba o prefeito que o tempo de coronéis já acabou, que ele não está acima da lei. Até hoje sobrevivi graças ao meu trabalho, tenho dois empregos (professor da rede municipal e estadual) conseguidos pela porta da frente, através de concurso público, não respondo a nenhum processo por ter atentado contra a ordem, a pessoas ou a instituições. Acreditamos que o prefeito também tenha requisitos como estes para que não saia por aí achando que,por ser forte, ache que é dois. Uma última informação não agrada a Tonho Santana: ninguém, neste mundo de Deus nos impedirá de continuar levando como fazemos ao longo de 25 anos, a verdade a nossa comunidade, exercitando a liberdade de expressão, direito dado a ele, caso seja solicitado. É por estas e outras que o município de Pirambu, desde há muito tempo cresce como rabo de cavalo – pra baixo. Uma pena!

Frase da semana:

“É preciso falar cada vez mais da qualidade de vida política do nosso país, o que requer, de um lado, a eterna vigilância contra aqueles políticos que não perdem a oportunidade para fazer de sua caneta um pé de cabra e, de outro, valorizar, por modo superlativo, os que tornam a política a mais essencial, a mais bonita, a mais realizadora de todas as vocações humanas, a vocação de servir a todo o povo”. (Carlos Ayres de Britto – Presidente do TSE)

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS