23 de mai de 2008

Seminário em Propriá discutiu implantação da Lei Nº 10.639


A prefeitura municipal de Propriá, através da secretaria municipal de educação – SMED promoveu no dia 16 de novembro o I Seminário para Implementação da Lei Nº 10.639, de 10 de janeiro de 2003, que prevê o estudo de História e Cultura da África e Afro descendência nas escolas de Ensino Fundamental e Médio de todo o país. Segundo o professor Glaedson Novaes, da Semed/Propriá, “o município de Propriá é o primeiro em Sergipe a discutir a efetivação desta lei, de fundamental importância para reafirmação de nossa identidade como a nação que possui a maior população negra do mundo fora da África”, disse.

O Seminário, que contou com a presença do professor da UFS Fernando Aguiar, especialista em estudo de História e Cultura da África, também brindou os participantes com a apresentação do Grupo ‘Tambores da Esperança’ da cidade de Estância (Sergipe). “Um espetáculo de som, dança e uma mensagem que mostra a importância de reafirmar nossa identidade cultural, um encontro com a nação que está em nós”, testemunhou a professora Izabel Tomaz de Aquino, da Semed.

Com esta iniciativa, a prefeitura municipal de Propriá marca mais um tento na educação sergipana, mostrando pioneirismo e compromisso com uma educação pública de qualidade, democrática e cidadã.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS