20 de set de 2010

A situação das bibliotecas na cidade de Pirambu – Parte I

Não existe um registro do surgimento, desaparecimento, anais das vidas das bibliotecas em nossa cidade ¹
Por Claudomir Tavares * | claudomir@infonet.com.br

A cidade de Pirambu sempre foi carente no quesito Biblioteca, que historicamente tem sido tratadas como verdadeiros ‘depósitos’ ou ‘amontoados’ de livros.

Não existe um registro do surgimento, desaparecimento, anais das vidas das bibliotecas em nossa cidade. O que sabemos é que, em Pirambu, foi criada por lei municipal (que lei?) a Biblioteca Pública Municipal ‘Monteiro Lobato’, salvo engano na administração do prefeito Daniel Luiz dos Santos (1977/1983).

De Monteiro a Bonfim

Na administração do prefeito André Luís Dantas Ferreira (1997/2004) esta teve seu nome alterado para Biblioteca Pública Municipal ‘Dr. Lourival Bonfim’, funcionando em um prédio localizado na Rua Antônio Torres, dividindo o espaço com a Escola de Informática Dr. Valmir Osni Espíndola. A partir de 2002, teve início à política de desmonte da
Biblioteca (a escola de informática já não funcionava). Um acervo de milhares de livros, de vários gêneros, a maioria doada pelo Ministério da Educação, foi jogada ao léu, e com eles um pedaço do patrimônio cultural de Pirambu.

A partir dos próximos dias vamos fazer um levantamento das Bibliotecas Públicas da cidade de Pirambu. Confiram os próximos ‘capítulos’ desta viagem por este importante seguimento de fomento do conhecimento.

¹ Matéria publicada em 24 de abril de 2009, e republicada nesta data pela sua importância e atualidade.

Nenhum comentário:

TODAS AS NOTÍCIAS